S/ Título

Maria João Fernandes

250€
Sócios: 175€ ou 4M
- +
  • Serigrafia
  • Papel Fabriano Tiep GF 290gr
  • Mancha: 55 x 35 cm
  • Suporte: 70 x 50 cm
  • Data: 2018
  • 200 exemplares
  • Ref.: S35532

A GRANDE JANELA DA ARTE E DA POESIA

 

Maria João Fernandes, Joana Lapa na Poesia, crítica de arte e poeta, candidata ao Prémio Pessoa em 2013 pela Sociedade Nacional de Belas Artes e por Eduardo Lourenço viu em 2015 o seu percurso consagrado por uma grande exposição na Biblioteca Nacional de Portugal, da sua coleção de arte contemporânea e da sua obra crítica e poética. Fez parte da equipa que lançou os alicerces da Fundação de Serralves Museu de Arte Contemporânea do Porto e em Junho de 2018 representou Portugal no Congresso Internacional da Associação Espanhola de Críticos de Arte que decorreu no Museu Reina Sofia em Madrid. O seu atual trabalho para serigrafia inclui grandes referências fundadoras do seu universo estético e alguns versos do seu livro de poesia a publicar: Cadernos do Vento que conta na sua abertura com uma apresentação de Eduardo Lourenço. Os pintores evocados, Albert Marquet, Henri Matisse, Marc Chagall e Paul Klee, juntam-se assim à respiração da poesia, segundo o filósofo Heidegger, a verdadeira essência da arte.

Adicionar à lista de desejos