O Gato Azul

Mário Cesariny

  • Esgotado
  • Serigrafia
  • Papel Fabriano 27 GF 325gr
  • Mancha: 50 x 34 cm
  • Suporte: 70 x 50 cm
  • Data: 1984
  • 150 exemplares
  • Ref.: EX1451

O JOGO DOS SÍMBOLOS E O TEATRO DAS CORES Mário Cesariny (1923-2006), poeta e pintor, um dos principais expoentes do surrealismo português, construiu um universo marcado pelas metáforas e pelos símbolos do inconsciente, como acontece nesta imagem de que o gato é personagem central. Além da sua carga simbólica, detentor de uma energia misteriosa que se liga à sabedoria e à clarividência, o gato é neste caso o centro de um bem orquestrado e belo jogo de formas depuradas, ritmos audaciosos e cores primárias atestando a mestria do artista.