Xavier

Le Jardin Circonflexe

26 de Maio de 2022 - 13 de Junho de 2022
CPS Sede, CPS no CCB

O artista francês Xavier, sobrinho neto de Picasso, regressa ao Centro Português de Serigrafia com a mostra Le Jardin Circonflexe, passados quase vinte anos sobre a sua primeira exposição no CPS.

 

Descendente de uma grande família de artistas na qual desde muito cedo foi iniciado na prática da gravura, Xavier, pintor, ceramista, gravador e com atividade recente de cineasta, onde incorpora desenho e pintura, a sua obra gráfica consiste atualmente em mais de 550 criações.

 

A exposição, que inaugura a 26 de maio, às 18h na galeria do CPS no CCB e que está patente até 13 de junho, apresenta uma seleção dos seus trabalhos mais recentes. Contempla ainda um segundo núcleo expositivo na Sede do CPS, que pode ser visitado nas mesmas datas.

 

As obras foram criadas pelo artista nos históricos ateliers parisienses, de René Tazé na gravura e de Clot Bramsen e Stéphane Guilbaud na litografia, na linha de diálogo que tem estabelecido com ateliers míticos como o Lacourière-Frélaut por onde passaram Matisse, Rouault, Picasso, Sonia Delaunay, Chagall, Giacometti, Miró ou Henry Moore.

 

Segundo a crítica de arte Maria João Fernandes, “na presente mostra um magnífico conjunto de trabalhos, expressão da invenção e mestria, dá forma ao universo poético de Xavier, sob o signo do lirismo, do maravilhoso e do surreal, uma das grandes linhas de fundo da arte contemporânea. Mestria técnica, bem documentada na litografia de grande formato que faz a capa de catálogo e maturidade estética de um artista que absorveu a lição de grandes Mestres como Picasso e Miró, para alimentar e inspirar o seu muito particular estilo, misto de ingenuidade e de sabedoria plástica e poética.”

 

Sobre a sua infância e relação com Picasso, Xavier responde: “Quando eu era criança e lhe mostrava um desenho, ele olhava com atenção. O trabalho era uma forma de entrar em contato com os outros e ele dava-se muito bem com quem sabia fazer alguma coisa, era fascinado pelo saber dos outros. Eu vivia num ambiente de artistas, onde havia muita pintura, não só dele, mas dos dadaístas, dos surrealistas, dos poetas... Conheci as pinturas de Léger, Miró ou Picasso em criança como qualquer outra pessoa que está acostumada a ver as pinturas que estão na casa da sua avó, da forma mais natural.” (Entrevista de La Vanguardia, 2017)

 

Do Museu de Gravura Contemporânea em Espanha, parceiro da exposição, para o Centro Português de Serigrafia, a obra de Xavier volta a trazer a Lisboa, a magia incomparável das suas criações que são já uma referência da arte e da gravura contemporâneas.

A exposição está patente até 13 de Junho com entrada livre.

 

CPS no CCB
Centro Cultural de Belém
Praça do Império 1449-003 Lisboa
Tel. 213 162 175
E-mail: cpsccb@cps.pt
Horário: Todos os dias das 10h às 19h

 +

CPS Sede
Rua dos Industriais 6
1249-023 Lisboa
Tel. 213 933 260
E-mail:contacto@cps.pt
Horário: Seg-Sex das 10h às 19h

 

Parceria: