José de Guimarães

José de Guimarães "Desenhos na Areia"

29 de Abril de 2021 - 23 de Maio de 2021
CPS no CCB

 

No dia 29 de Abril, entre as 17h e as 19h, tem lugar na galeria do Centro Português de Serigrafia no CCB, a exposição "Desenhos na Areia" que apresenta seis novas serigrafias de José de Guimarães inspiradas nos desenhos na areia de tribos africanas, principalmente da cultura dos Quiocos do Nordeste de Angola.

O lançamento contará com a presença do artista e irá realizar-se com todas as medidas necessárias para garantir a segurança dos visitantes. 

As serigrafias foram criadas com base em projetos originais recentes do artista que esteve envolvido em todo o processo, desde a conceção à assinatura.
Foram realizadas sobre papel Tiepolo 100% algodão de 290 gr. sendo de edição limitada a apenas 199 exemplares numerados a assinados.

 

Os Sócios CPS beneficiam de condições exclusivas de lançamento e podem desde já efetuar a pré-compra das obras.



José de Guimarães, expoente da pintura portuguesa contemporânea é há muito um artista consagrado no plano internacional. O conjunto da sua expressão plástica caracteriza-se por uma estética da fragmentação que tem vindo a afirmar-se desde o início do seu percurso.
O artista nunca deixou de reinventar-se e sempre dedicou especial atenção à obra gráfica, imprimindo-lhe uma notável qualidade que a presente série documenta, refletindo uma linha de fundo da arte contemporânea, desde as vanguardas do século XX, inaugurada por Picasso, na esteira de Gauguin: a relação com a arte primitiva.
Os desenhos na areia das tribos Quioco, desenhos traçados no chão durante conversas, ideogramas sintéticos de esquemas mentais e simbólicos, são agora indutores do imaginário de José de Guimarães, a quem a arte africana desde sempre interessou.

Segundo texto de António Fontinha no catálogo das obras, estes povos relacionam-se com os Luchazi e Ngangela que vivem no Leste de Angola e em zonas vizinhas do Noroeste, da Zâmbia e do Congo (Zaire). António Fontinha é filho de Mário Fontinha, investigador que recolheu no livro Desenhos na Areia dos Quiocos do Nordeste de Angola, um vasto conjunto de desenhos destas tribos, cujo conteúdo lhe mereceu detalhada análise.

 

As serigrafias ficarão em exposição na Galeria do CPS no CCB até dia 23 de Maio. Entrada livre.

Evento no Facebook

 

CPS no CCB

Centro Cultural de Belém

Praça do Império 1449-003 Lisboa

Tel. 213 162 175

E-mail: cpsccb@cps.pt