Serigrafia de José de Guimarães editada no CPS assinala centenário do Vitória de Guimarães
Feb. 21, 2022

Serigrafia de José de Guimarães editada no CPS assinala centenário do Vitória de Guimarães

O artista plástico José de Guimarães criou uma serigrafia com a chancela do CPS, uma edição limitada a 100 exemplares, para assinalar o 100.º aniversário do Vitória de Guimarães.

 

Após ter desenvolvido uma serigrafia para assinalar os 75 anos do clube vimaranense, em 1997, o escultor e pintor que tem incorporado culturas de diferentes partes do mundo nas suas obras, desde a América Latina até ao Oriente da Ásia, passando por África, desenvolveu um trabalho com recurso a cores e formas que complementam o símbolo do clube.

 

 

A serigrafia utiliza tintas de água e papel de fibra natural para um menor impacto ecológico, como é habitual nas edições CPS. Está disponível em pré-reserva no site do clube.

 

José de Guimarães está representado em museus e coleções nacionais e estrangeiros, como o museu da Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, o Museu Real de Arte Moderna, em Bruxelas, nos museus de Arte Moderna de São Paulo e de Arte Contemporânea, no Rio de Janeiro, a Fundação Akemi, em Osaka, no Japão, e o Museu Espanhol de Arte Contemporânea, em Madrid.

 

O artista recebeu o prémio de consagração de carreira da Sociedade Portuguesa de Autores em 2001 e foi distinguido com a Grã-Cruz da Ordem de Mérito em 2009.

 

O Vitória de Guimarães assinala o 100.º aniversário a 22 de setembro de 2022.